Roupa de bebê: entenda a tradição da saída de maternidade vermelha

Roupa de bebê: entenda a tradição da saída de maternidade vermelha

A saída do hospital depois de ter o recém-nascido na maternidade costuma ser um momento emocionante para os pais e a família no geral. Os parentes sempre querem fazer registros, ficam emocionados e, é claro, se preocupam com a cor da roupa do recém-nascido.

Isso porque, com o passar do tempo, criou-se certa superstição com a cor da roupa de bebê usada pelo recém-nascido na saída da maternidade, o que popularizou o vermelho como cor usualmente escolhida.

Mas porque o vermelho, e o que significam as outras cores? Pensando em quem tem dúvidas sobre que cor escolher na hora de sair com o bebê da maternidade, o artigo de hoje traz todas as informações acerca da energia das cores.

Energia das cores

Quem nunca usou uma cor diferente no ano novo visando atrair algum ponto de prosperidade específico? Com a saída do bebê da maternidade, não é diferente. Por isso, foram criadas certas tradições acerca da roupa para bebê que é escolhida pelos pais para que o recém-nascido deixe o hospital, como a da roupa vermelha.

Por que a tradição da roupa vermelha?

A cor vermelha geralmente é a escolhida pois representa proteção e boas energias, o que é o que os parentes buscam para o recém-nascido. No entanto, todas as cores representam uma coisa boa, como veremos mais tarde, mas o vermelho acabou virando tradição por um motivo específico: a história do sapatinho vermelho.

O sapatinho vermelho

O sapatinho vermelho foi o que originou a tradição das cores, pois antes mesmo das mamães escolherem a cor do macacão na hora da saída do hospital, já existia a tradição do sapatinho vermelho. Esse é um costume de origem cigana que busca atrair felicidade para a criança, além de afastar o mau-olhado. 

A tradição se origina de uma história de uma cigana que presenteia um recém-nascido justamente com um par de sapatinhos vermelhos para que o bebê tivesse sorte, proteção, saúde e felicidade. O casal temia muito a experiência de cuidar de um filho e a cigana percebendo essa insegurança diz ao bebê: “Tenha confiança. Para que sua vida na Terra seja tranquila eu enviarei um amuleto sob a forma de presente, garantindo sua saúde e felicidade”.

O bebê nasceu e seu primeiro presente foi justamente um par de sapatinhos vermelhos. Ele os usou e guardou como um amuleto por toda sua vida. Com isso, teve proteção, saúde e felicidade por toda sua trajetória. 

Por isso, é comum que os parentes gostem de presentear os pais com um par de sapatinhos de bebê vermelho, para a primeira saída do recém-nascido. Sendo a representação da sorte, proteção, saúde e felicidade. Ou seja, energias boas na vida do bebê. 

Outras cores

A partir da história do sapatinho, muitas mães passaram a usar o vermelho como cor de roupa também, visando atrair o máximo de positividade possível. Além disso, alguns papais também acreditam na energia das cores, das quais citamos anteriormente, e que na hora de escolher a roupa infantil para a saída da maternidade, é bom levar em conta. Veja:

  • Amarelo: vida, sorte e prosperidade;
  • Vermelho: proteção e boas energias (contra a inveja);
  • Azul: equilíbrio e tranquilidade;
  • Rosa: amor e felicidade;
  • Verde: saúde e esperança;
  • Branco: pureza e paz;
  • Lilás: purificação e delicadeza;
  • Cinza: equilíbrio.

No site O Sapo e a Princesa, você encontra diversas opções de sapatinhos infantis para recém-nascido. Confira agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *