Categorias

Dentinho do seu bebê esta crescendo? Veja quando dar um mordedor de gengiva.

Dentinho do seu bebê esta crescendo? Veja quando dar um mordedor de gengiva.

A partir do terceiro mês de vida, os bebês começam a passar pela fase do nascimento dos dentes, um período de transição que durará pelos próximos meses até o segundo ano. Os pais e responsáveis percebem a mudança no comportamento da criança por meio de alguns detalhes. Saiba a hora certa de dar um mordedor de gengiva para o seu bebê.

Dentinho do seu bebê esta crescendo? Saiba quando dar um mordedor de gengiva.

Os primeiros dentes começam a ser formulado ainda quando o bebê está na barriga da mãe, porém, é só a partir do terceiro mês depois de nascido que esses dentes passam a romper a gengiva e causam algumas mudanças:

Neste período, a criança também se torna mais chorosa, com maior sensibilidade. Como a abertura da gengiva pode causar dor, a criança também apresenta um comportamento mais irritadiço. E a sensibilidade na gengiva muda a alimentação. É comum a criança se mostrar indisposta para comer.

Veja também:

Algumas crianças sentem dores em toda a arcada e mandíbula. Nesta fase, é comum a criança parecer irritada com dores de ouvido, pois a terminação nervosa nesta área faz com que eles levem as mãos até essa área. Neste período também pode ocorrer febre e diarreia.

Graças à sensibilidade, a criança leva quase tudo à boca. Isso acontece porque a gengiva coça e o bebê tenta aliviar essa coceira raspando o mordendo de gengiva ou qualquer outra coisa.

Neste momento, quando os dentes do bebê estão começando a crescer, é hora de estabelecer os cuidados! Esse momento é bem delicado para o bebê, pois a irritação toma conta e fica difícil aguentar a coceira, por isso eles acabam utilizando qualquer objeto que evite essa sensação de irritação. Indicaremos aqui algumas dicas de quando pode ser dado o mordedor de gengiva para o bebê.

[wpdevart_youtube]k1q4qVywK3Y[/wpdevart_youtube]
São muitas as opções de mordedor de gengiva, dividas por tamanhos, formatos e também por idades. Em cada fase, o bebê terá opções mais adequadas para utilizar, entre essas estão: a partir dos três meses, quando a criança ainda não tem coordenação para segurar o mordedor, são recomendados os mordedores de gengiva em formato de chupeta.

Para os pais que se preocupam com o uso da chupeta (ou a proíbem), há também mordedores de gengiva para essa fase inicial, porém feito com um tamanho um pouco maior, despertando também a curiosidade da criança e estimulando a coordenação motora, como o Mordedor Morango da Dreambaby.

Dentinho do seu bebê esta crescendo? Saiba quando dar um mordedor de gengiva.

Outro modelo é indicado para os bebês depois dos seis meses, quando ele já possui mais firmeza nas mãos e procura segurar objetos. Neste período, cores e sons prendem a atenção do bebê enquanto ele o usa para aliviar a coceira na gengiva. Um exemplo é o Chocalho Mordedor com Água Pretty in Pink da Bright Stars.

Considerada como uma última fase para mordedores de gengiva, depois dos dez meses de vida, os bebês podem utilizar aqueles que possuem formas mais precisas, como bichinhos. Esses mordedores já se parecem mais com brinquedos e usam cores e formas para atrair a atenção deles. Como o Mordedor Sophie La Girafe da Vulli, feito em borracha natural e com tinta comestível.

É muito importante que os pais se atentem ao tipo de material utilizado no mordedor de gengivas. Os componentes utilizados no material devem ser livres de bisfenol (proibido pela Anvisa) e, também, que tenham o selo de autorização e órgãos regulatórios, garantindo que o mordedor não cause qualquer mal à saúde do bebê, tanto por componentes químicos, quanto por partes pontiagudas ou pequenas que possa se soltar.

Você também vai gostar de:

 

Posts Relacionados



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =