Categorias

Inverno: roupinhas de bebê e outros cuidados

Inverno: roupinhas de bebê e outros cuidados

A chegada do inverno traz também a necessidade de cuidados especiais com os bebês, principalmente para os menores de um ano de idade. Durante a estação mais fria do ano, os pais precisam separar ou comprar novas e muitas roupinhas de bebê mais quentinhas e acessórios diferentes. Isso porque os nenéns, ainda mais os recém-nascidos, sentem mais frio do que os adultos, por conta do processo de adaptação fora do ambiente uterino.

Dentro do útero, o bebê fica envolto do chamado líquido amniótico que, além de outras funções, é responsável por manter a temperatura ideal dentro do copo da mamãe. Outro fator é que os nenéns ainda têm a pele muito mais fina dos que a dos adultos. Tudo isso faz com que os pais precisem estar sempre atentos aos tipos de roupas infantis, modo de vestir o bebê, entre outros cuidados.

Roupas, tipos de tecidos e acessórios essenciais

 

Vestir o bebê adequadamente para o frio é a principal condição para que o pequeno não sinta a friagem e nem corra o risco de ficar doente com resfriados, gripes, pneumonias, entre outras enfermidades. Os bebês suam e perdem bastante calor pelas extremidades do corpo, por isso é fundamental vesti-los sempre com toucas, luvas, gorros e meias que possam proteger bastante a cabeça, as mãos e os pezinhos.

 

 

 

 

 

É claro que também é muito necessário ter blusas e calças compridas, mijões com pé e vários casacos, jaquetas, moletons e muito mais. Alguns pais acabam preferindo casacos que já vêm com touca por achar que essa opção vai suprir a necessidade de proteger a cabeça, mas é preciso lembrar que algumas toucas não têm elástico e nem botões e, assim, não ficam o tempo todo na cabeça dos pequenos. Por isso, prefira comprar toucas avulsas mesmo.

 

 

 

 

 

A escolha do tipo de tecido das roupinhas de bebê também precisa ser cuidadosa. Prefira peças forradas de algodão, pois elas permitem que a pele possa respirar totalmente e ainda evitam possíveis alergias. O náilon não é indicado para baixas temperaturas, uma vez que ele não esquenta bem o corpo. A lã, ao contrário do que muita gente pensa, deve ser evitada porque ela resseca e pele e ainda costuma causar alergias.

 

 

 

 

Modo de vestir o bebê

Depois de muito bem escolhidas as roupinhas de bebê e alguns acessórios, os pais precisam seguir algumas regrinhas e cuidados na hora de vestir o neném. O melhor jeito é vestir em forma de camadas, assim, é possível acrescentar ou retirar peças conforme também as mudanças de temperatura.

Por exemplo, dá para colocar no bebê, primeiramente, um conjunto de camiseta e mijão sem pé, depois acrescente as meias, as luvinhas, um macacão mais quentinho e, por fim, casaco e touca. Se a temperatura do dia subir e o tempo esquentar, você pode tirar o casaco ou o macacão também deixando o bebê mais fresco e sem o risco de passar calor. Se depois esfriar mais um pouquinho, coloque de volta apenas o casaco. Essa forma de vestir também garante praticidade, visto que não é preciso ficar trocando todas as roupinhas de bebê a todo tempo.

As cautelas em relação às roupinhas de bebê e ao modo de vestir ainda não são suficientes para proteger os pequenos de todo frio. O banho é uma atividade que, se não for feita adequadamente, pode causar incômodos e até dores e resfriados. A ducha tem que ser bem rápida e com a água por volta da temperatura de 37ºC graus (se você não tiver um termômetro de banheira, coloque a ponta do cotovelo para verificar se a temperatura da água está boa.

Antes do banho, é importante deixar tudo pronto (toalha; roupinhas de bebê; fralda; produtos de higiene; entre outros). E confira se todas as portas e janelas estão fechadas a fim de evitar correntes de ar. Comece sempre a vestir o bebê com a blusa para evitar que ele pegue friagem no peito. Caso esteja frio demais, opte por lencinhos umedecidos e deixe o banho para o dia seguinte.

Outro cuidado essencial é a respeito da higiene do nariz. Os bebês mais novinhos respiram apenas pelo nariz e essa parte do corpo é porta de entrada para poluição, fungos, pólen, agentes infecciosos, entre outras substâncias. Por isso, é importante manter o nariz sempre bem limpo, faça a higiene com cotonetes e, se o tempo estiver muito seco, é recomendável usar soro fisiológico.

Se o bebê já estiver com coriza ou até mesmo com catarro, não esqueça que o uso do aspirador nasal é fundamental. Aqui no blog você encontra um post só sobre a importância do aspirador de nariz e também a respeito de outros cuidados necessários à temporada de inverno.

Na loja virtual O Sapo e a Princesa é possível encontrar várias coleções de grandes marcas de roupinhas de bebê. Não deixe de conferir.

Você também vai gostar de:

Posts Relacionados



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 13 =