Categorias

10 dicas que toda mãe de primeira viagem precisa saber

10 dicas que toda mãe de primeira viagem precisa saber

Ser mãe de primeira viagem não é nada fácil, mesmo que a gravidez tenha sido minuciosamente planejada, as mulheres nunca estão de fato preparadas para passar por esse momento. Mas nada de entrar em pânico, além de fazer mal para você e para o bebê, que está se formando aí, não vai adiantar nada.

Pensando nos corações aflitos das mamães de primeira viagem, preparamos 10 dicas magníficas para você curtir em paz cada instante da sua gravidez:

  • Manter a vida ativa até quando conseguir: Pois é meninas, como sabemos, gravidez não é doença, então nada de ficar abatida em cima da cama. Movimente-se! Faça caminhadas leves e pratique esportes indicados para gestantes, como Yoga, alongamento, pilates e hidroginástica.

Os Benefícios de uma vida ativa não envolvem apenas o controle do peso das mamães de primeira viagem, mas também afetam positivamente as condições cardiorrespiratórias, prevenção de diabetes gestacional, correção da postura e até mesmo no alívio de tensões e estresse. Antes de começar a praticar, consulte seu médico para ter certeza que sua gravidez não possui nenhum tipo de risco.

  • Converse com o bebê ainda na barriga: Parece meio bobo, mas faz um bem enorme, tanto para a mamãe, quanto para o bebê. O bebê é capaz de ouvir desde os primeiros meses, por isso, conversar com ele pode ajudá-lo a reconhecer sua voz. Assim, você já cria um ambiente de segurança e fortalece seu vínculo com a criança.

  • Tenha registro de todo o progresso: A gravidez é uma das fases mais importantes da vida da mulher, por isso, faça um registro de todos os momentos que considerar necessários, pode ser com fotos e anotações, vale até montar um diário. Depois você poderá relembrar e até mostrar para o seu filho como foi essa experiência.

  • Filtre as dicas de terceiros: Não tem jeito, quando se é mãe de primeira viagem todo mundo pensa que pode vir se meter, dando conselhos e dicas de como criar seu filho. O melhor para essas situações é ter paciência e examinar se o conselho é útil ou não, na maioria dos casos, não será. Mas na dúvida, sempre pesquise. Lembre-se de que, para pessoas com mais idade, as soluções na criação de filhos eram bem diferente do que é hoje.

  • Mantenha sua vida sexual ativa: Mesmo que o foco seja o bebê, não deixe de lado a atividade sexual. Sexo durante a gravidez é liberado sim e até mesmo incentivado pelos médicos, já que faz a mulher se sentir mais bonita e valorizada, aumentando a sensação de bem-estar.

Também não precisa se preocupar se vai machucar seu bebê, pois ele fica protegido no útero por um espesso tampão de muco, além do saco amniótico e dos músculos do próprio útero.

  • Quando mais se organizar, menos surpresa terá: Prepare-se para a chegada do seu filhinho, faça uma lista com os itens fundamentais, como móveis, cores, decoração, enxoval, fraldas. Cada detalhe deve ser pensado com carinho e dedicação.

Cuide da limpeza e ventilação da casa, evitando objetos que acumulem muito pó, como cortinas e tapetes pesados. O mais importante: faça uma bolsa com algumas peças de roupas sua e do bebê para a ida ao hospital, quando entrar em trabalho de parto.

  • Prepare tudo com calma: Como você tem um tempo relativamente longo, não precisa fazer tudo na afobação e acabar gerando estresse durante a gravidez. Preze pela tranquilidade e faça no seu tempo. No fim, tem coisas que só podem ser solucionadas quando o bebê chegar, então, resolva o que for possível e relaxe.

  • Aprenda com quem está passando/já passou por isso: Como mãe de primeira viagem tudo é muito novo e algumas situações podem parecer assustadoras, então, procure conversar com amigas próximas que já tiveram filhos ou que também estejam grávidas.

Vale também participar de fóruns em blogs ou redes sociais, onde as mamães compartilham experiências e dicas, tranquilizando ou alertando sobre acontecimentos diversos na gravidez.

  • Cumpra todas as datas de acompanhamento médico: Não deixe de lado a saúde, mantenha uma agenda organizada e lembretes para não perder nenhuma consulta ou exame. As idas ao médico vão garantir uma boa saúde para você e para seu bebê, principalmente porque seu corpo está passando por mudanças constantes e precisa ser devidamente acompanhado por um médico de sua confiança.

  • Tire todas as suas dúvidas com o médico: Aproveitando a dica anterior, que você vai seguir e comparecer religiosamente para o acompanhamento, não fique com nenhuma dúvida durante a gravidez. Não se envergonhe por ser mãe de primeira viagem e imaginar que suas perguntas são sem importância, nada disso.

Encha seu médico com as questões que te preocupam, ele estará preparado para isso e sabe que é sua primeira vez. Não esqueça de que cada pessoa, apesar de ter o organismo parecido, pode reagir de maneira diferente em uma gravidez, então, cada desconfiança precisa de atenção de um profissional.

Você também vai gostar de:

Posts Relacionados



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 12 =