Categorias

16 dicas para os recém papais

16 dicas para os recém papais

A vinda do primeiro filho pode encher a cabeça dos papais de primeira viagem com muitas dúvidas sobre todos os assuntos que envolvem os pequenos. Então, a melhor coisa a se fazer é buscar por dicas de outras mamãe e papais que já passaram por isso para poder aliviar toda a ansiedade e medo que vem junto a primeira gravidez. Nós reunimos aqui 16 dicas para os recém papais, que tem recém-nascidos, vindas de outras pais em alguns outros blogs norte-americanos.

1. Não tenha medo de perguntar – Se você tem alguma dúvida, seja ela médica ou não, vá atrás da sua resposta. O melhor a se fazer nessas horas é solucionar o problema de maneira correta para não ter maiores problemas depois. O “feeling” dos papais nem sempre está certo.

2. Aceite ajudas – Se algum parente ou amigo oferecer ajuda, aceite. Você pode até  aprender novos truques para usar depois.

3. Saiba quando dizer “não” – Nunca se sinta mal em dizer que ‘hoje não é um bom dia para passar aqui em casa’. É totalmente normal os pais quererem um tempo sozinhos com o novo integrante e os familiares e amigos precisam saber disso.

4. Esqueça as tarefas de casa por um tempo – Os recém-papais precisam estar totalmente focados no bebê. As tarefas de casa podem ser dividas e colocadas em prática sempre em segundo plano. Aproveite ao máximo o tempo que você tiver ao lado do seu filho.

5. Deixe o estoque de comida pronto – Não se sinta culpada(o) se as comidinhas congeladas para o jantar não são feitas em casa. O importante é garantir a comida, porque tempo para cozinhar é o que não vai sobrar.

6. Peça comida – Se você não está acostumado ou não gosta de congelar a comida, então o serviço delivery é a melhor opção para as comidinhas na hora da janta. Aproveite para ficar com o pequeno em casa e, ainda assim, ter tempo para comer!

7. Não se esqueça das fotos e vídeos – Não tem nada melhor do que registrar os melhores momentos com o bebê e poder recordar tudo depois de um tempo. Por isso, esteja sempre equipado com as câmeras em qualquer saída que fizer com o pequeno.

8. Tenha um consultor de lactação – A amamentação não vem fácil para todas as mamães, por isso é importante que elas garantam um consultor de lactação para poder informá-las sempre que houver alguma complicação na hora de amamentar.

9. Não há nada melhor do que mimar o bebê – Não deixe ninguém dizer a nova mamãe que ela está tempo demais com o bebê, ou que ela segura o pequeno no colo por mais tempo que deveria. O bebê é da mamãe e ela sabe o que faz com o filhote.

10. Esteja aberta à mudança – Tenha em mente o dito popular “Nunca diga nunca”, pois os bebês e as situações estão em mudanças constantes e, por isso, pode ser que algo que não te agradava antes, seja uma boa ideia depois. Por exemplo, quando você diz que “nunca vou usar uma chupeta”, você pode pedir para o seu companheiro ir no meio da noite até a farmácia comprar uma chupeta por causa do chorinho…

11. Ligue para o pediatra – Sempre que você tiver alguma dúvida, ligue para o pediatra. Ele saberá o que fazer e o que falar sempre que você precisar de alguma coisa. Afinal, é pra isso que você o paga, não é mesmo?!

12. Dê limite as visitas – Avise as visitas que você precisa de espaço, principalmente na primeira semana de vinda do bebê. É essencial que os familiares e amigos estejam cientes de que os recém-papais querem se adaptar a nova realidade em família.

13. Aproveite as sonecas – Sempre que tiver tempo para tirar uma soneca, durma! Isso não vai durar muito tempo.

14. Siga seus instintos – Toda vez que os papais sentirem que tem alguma coisa errada mesmo quando os familiares e amigos dizem estar tudo certo é importante seguir os instintos. Os papais conhecem seus filhos melhor do que ninguém.

15. Não se esqueça das suas necessidades – Tanto as mudanças físicas quanto psicológicas irão fazer com que os papais sintam a nova realidade em família. Mas é de extrema importância que a mamãe esteja ciente das transformações que o novo bebê irá trazer a ela. Mesmo assim, ela precisa saber equilibrar a saúde dela com a saúde do bebê, sem se esquecer das necessidades que ela tem com ela e o companheiro.

16. Deixe o pai se envolver – Além de deixar o papai criar uma boa relação com o bebê, a mamãe pode aproveitar esse tempo para ficar sozinha e relaxar.

Você está preparada para o grande dia? Nós fizemos um guia maternidade bem completinho sobre as etapas que antecedem o nascimento do bebê com dicas sobre enxoval, como montar o quartinho do bebê e até um check-list com todas as coisas que você não pode esquecer de levar à maternidade no dia do parto. Baixe grátis aqui.

 

Posts Relacionados



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + oito =